pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

18.05.16
|
Projetos arquitetônicos sustentáveis: como adequar o orçamento
Fonte: A Tribuna News - 16.05.2016
Brasil - A arquitetura sustentável, também conhecida como arquitetura verde ou eco-arquitetura, está cada vez mais presente nos projetos da construção civil. Esse conceito se tornou sinônimo de bem-estar, conforto e uso inteligente de recursos naturais, a fim de diminuir o desperdício. Levando essas características em consideração, o propósito da arquitetura sustentável é reduzir os danos ambientais ocasionados pela obra.

Mais do que a preocupação com o meio ambiente, essa nova modalidade tem proporcionado mais benefícios para os frequentadores das construções, maior eficiência estrutural e um custo mais baixo em todo o projeto. Tudo isso é feito de maneira otimizada e organizada, sempre pensando em longo prazo, inclusive em relação ao retorno da quantia investida.

De acordo com a Associação Nacional de Arquitetura Sustentável (ANAB Brasil), a cada US$ 1 investido no projeto sustentável, é possível recuperar US$ 15 em até 20 anos. Isto acontece por conta dos recursos e sistemas tecnológicos que solucionam problemas ambientais e ainda conseguem suprir as necessidades da população.

Como adequar o orçamento?

Como uma das premissas da arquitetura sustentável é baratear o projeto, os materiais utilizados para concretizá-lo devem ser de qualidade e, ao mesmo tempo garantir que a economia realmente exista. Isso vale para obras em andamento e construções já prontas que devem ser reformadas para atender aos requisitos da sustentabilidade.

O primeiro passo, portanto, é priorizar os materiais. A ideia é optar pelos recicláveis e sustentáveis, que podem dar um ar diferente e muito mais estilo à construção. Uma dica é investir em pallets, pneus, garrafas pet, madeiras de reúso e outros materiais que seriam jogados no lixo, mas podem fazer uma composição perfeita no projeto.

Outra maneira de manter o conforto e o estilo da construção é apostando nas películas solares, que reduzem a incidência de calor dentro do ambiente e mantêm a temperatura agradável. Esses itens também influenciam na redução do uso de ares-condicionados e ventiladores, que consomem muita energia.

As fontes alternativas de energia e de água também são opções para ter mais economia. Apesar do grande investimento, o retorno é garantido em longo prazo, fazendo com que o custo-benefício valha a pena e você tenha reservas, fontes e economia nas contas de luz e água.

Selo Sustentável

Para que a construção seja considerada sustentável, o setor da construção civil precisa atender a algumas condições. Alguns órgãos fiscalizam e analisam os projetos para definir quais deles respeitam a todos os critérios e podem receber os selos de sustentabilidade. Conheça alguns deles:

Criado pela Fundação Vanzolini em 2007, e desenvolvido por professores da Universidade de São Paulo (USP), o processo AQUA (Alta Qualidade Ambiental do Empreendimento) é um dos mais famosos do Brasil e foi baseado no selo francês HQE (Haute Qualité Environnementale). Para ganhá-lo, é necessário respeitar 14 critérios divididos em quatro categorias.

O LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) foi criado em 1993, nos Estados Unidos, e tem como objetivo valorizar não apenas o produto, mas também o local onde ele foi construído, a redução dos impactos ambientais e dos custos em geral, além da melhora na qualidade de vida do usuário.

Originário do Reino Unido e desenvolvido pela Building Research Establishment, o BREEAM (Building Research Establishment Environmental Assessment Method) avalia desde a gestão da construção até o uso do terreno, a inovação no local e a redução dos impactos urbanos das edificações.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas