pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

05.10.20
|
Cemig dá dicas de economia de energia para comércios que voltam a abrir após flexibilização
Fonte: Destak News - 05.10.2020
Minas Gerais - Um dos indicadores do retorno das atividades econômicas ao nível pré-pandemia da covid-19 é o consumo de energia, porém é importante ficar atento para não desperdiçar e aumentar o valor da fatura no fim do mês. Em Minas Gerais, o Programa Minas Consciente tem pautado a reabertura da economia seguindo todos os protocolos de segurança. Desta forma, a Cemig lista uma série de dicas de economia de energia para os empresários e comerciantes que estão retomando as suas atividades.

Escritórios

A primavera chegou e com ela as altas temperaturas. Além disso, com a pandemia do coronavírus, é importante que os ambientes estejam mais abertos e arejados para evitar a disseminação do vírus.

“Com o calor, as pessoas tendem a ligar o ar-condicionado, que é um equipamento de muita potência e, consequentemente, de grande capacidade de consumo de energia. Além disso, todos os protocolos de segurança estão recomendando a não utilização desse aparelho, uma vez que é importante a circulação e renovação do ar em ambiente fechados. Mas, caso seja imprescindível o uso do ar-condicionado, é importante que o filtro seja limpo frequentemente e que seja selecionada uma temperatura não menor que 24° C”, explica o engenheiro de Eficiência Energética Thiago Batista, da Cemig.

Outra dica importante no ambiente corporativo é a utilização da iluminação natural. Desta forma, as luzes podem ficar desligadas, o que pode representar uma grande economia. Em caso da necessidade de utilização da luz artificial, é interessante que as mesmas sejam de tecnologia LED, que possuem uma alta eficiência energética.

Bares e restaurantes

As geladeiras e os freezers também podem representar mensalmente uma economia de até 48%, se substituídas por modelos eficientes. Essa economia significa energia para tomar 20 banhos, 150 horas de TV ligada ou dar 2 mil recargas em celulares.

“Esses equipamentos são grandes consumidoras de energia, em virtude do “abre e fecha” ao longo do dia. As geladeiras e os freezers, em bom estado de uso, funcionam 12 horas por dia, ou seja, 360 horas por mês. É importante que o estabelecimento conheça bem o fluxo diário de consumo de bebidas e outros itens para evitar manter estoques refrigerados sem necessidade, representando grande desperdício de energia.”, explica Thiago Batista.

Os alimentos também devem ser organizados nesses equipamentos: quanto mais fácil for encontrar o que se procura, menos tempo a geladeira ficará aberta. “É fundamental não ficar abrindo a geladeira toda hora. Isso atrapalha o resfriamento”, afirma Batista.

Limpar e fazer o degelo regularmente, como recomenda o fabricante, é outra medida que ajuda a diminuir o consumo de energia. O excesso de gelo e a disposição de alimentos ainda quentes no interior nas geladeiras e nos freezers forçam os equipamentos e elevam o consumo eletricidade.

A manutenção da borracha de vedação da porta desses equipamentos não pode ser esquecida. “Para saber se está na hora da troca, deve-se colocar uma folha de papel entre a porta e a geladeira, fechar a porta e tentar retirar a folha. Se ela sair com facilidade, está na hora de trocar a borracha. O ideal é repetir o teste em vários pontos da porta dos aparelhos”, explica Thiago Batista.

Salão de beleza

Os donos e donas de salões de beleza devem ficar atentos ao uso de equipamentos, como chapinhas e secadores de cabelos. São aparelhos muito potentes e que devem permanecer ligados apenas enquanto estão sendo utilizados. Além disso, é importante ressaltar a utilização da luz natural para evitar o consumo das lâmpadas nos ambientes.

Assim como os escritórios, a utilização de ventiladores em ambientes abertos em vez do uso do ar-condicionado contribui para evitar a propagação do novo coronavírus e também aumento significativo na conta de energia.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas